top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Moiras

As Moiras (em grego Μοίρες) são um trio de deusas do destino na mitologia grega. Elas são responsáveis por tecer o fio da vida de cada ser humano, determinando seu destino, seu tempo de vida e seu destino final.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

As Moiras são frequentemente representadas como mulheres idosas e sábias, cada uma com uma tarefa específica. Cloto, a "Tecerora", segura um fuso e um fio, representando o início da vida. Láquesis, a "Distribuidora", segura uma roda de fiar, simbolizando a duração da vida, e Átropos, a "Inevitável", segura uma tesoura, representando o fim da vida. Elas trabalham em harmonia para criar e determinar o destino de todos os seres vivos.

História

As Moiras são imparciais e inexoráveis em sua tarefa de tecer o destino. Elas não podem ser influenciadas por deuses ou mortais e são consideradas as detentoras absolutas do destino de todos. Sua personalidade é impessoal e imperturbável, agindo de acordo com as leis cósmicas. Embora muitos possam temê-las por sua capacidade de determinar o destino, elas são vistas como uma parte essencial da ordem do universo e da roda da vida. Nenhuma criatura, seja deus ou mortal, pode escapar das decisões das Moiras, tornando-as figuras poderosas e inquestionáveis na mitologia grega.

bottom of page