top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Hefesto

​Hefesto (em grego Ήφαιστος) era o deus da forja, da metalurgia e dos artesãos.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Hefesto era retratado como um deus coxo e desajeitado, com uma aparência física não tão bela quanto a dos outros deuses. Ele possuía uma barba espessa e desgrenhada, cabelos longos e desalinhados, muitas vezes sujos de carvão. Seu rosto exibia rugas devido à concentração e ao esforço contínuo em seu trabalho. Ele era frequentemente representado vestindo um avental de trabalho e roupas de ferreiro desgastadas. Hefesto segurava ferramentas de forja, como um martelo ou uma tenaz, em suas mãos. Algumas representações também incluíam chamas ao seu redor, simbolizando sua conexão com o fogo da forja.

História

Hefesto era conhecido por sua personalidade trabalhadora, inteligente e engenhosa. Ele era considerado um deus altamente habilidoso e criativo, mestre da metalurgia e da forja. Embora fosse fisicamente desajeitado, sua mente era afiada e sua habilidade em criar artefatos divinos era inigualável. Hefesto era geralmente retratado como um deus pacífico, não envolvido em conflitos ou rivalidades entre os deuses do Olimpo. No entanto, ele também era descrito como vingativo quando provocado ou desrespeitado, especialmente em relação às traições de sua esposa, Afrodite. Hefesto tinha sua morada localizada no Monte Olimpo, a morada dos deuses gregos. Entretanto o Monte Etna era considerado o local onde Hefesto passava a maior parte do seu tempo, trabalhando arduamente na forja e nas atividades de metalurgia. Essa localização era simbólica, pois o fogo e a intensa atividade vulcânica representavam perfeitamente a associação de Hefesto com o fogo e a forja.

bottom of page