top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Hécate

Hécate (em grego Έκάτη) é uma deusa da mitologia grega associada à magia, feitiçaria, encruzilhadas, lua, necromancia e bruxaria.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Hécate é frequentemente representada como uma deusa tríplice, com três faces ou formas: uma jovem donzela, uma mulher madura e uma anciã. Ela carrega uma tocha, que simboliza sua conexão com a luz da lua, bem como uma chave, que representa seu papel como guardiã dos mistérios e dos portais. Em algumas representações, ela também é acompanhada por cães ou outras criaturas noturnas.

História

Hécate é uma deusa misteriosa e enigmática, muitas vezes associada a aspectos sombrios e mágicos da mitologia grega. Ela é vista como uma divindade que possui um profundo conhecimento dos segredos do mundo, especialmente os relacionados à magia e à necromancia. Como guardiã das encruzilhadas, ela é vista como uma figura que pode guiar as almas em suas jornadas após a morte. Embora Hécate seja frequentemente associada a aspectos sombrios, ela também é considerada uma protetora das mulheres, das crianças e das famílias. Ela é invocada em rituais de proteção e para afastar energias negativas. Sua natureza tríplice reflete sua conexão com diferentes fases da vida e com o ciclo lunar, tornando-a uma deusa versátil e poderosa na mitologia grega. Hécate era frequentemente invocada por bruxas e praticantes de magia na Grécia Antiga, e seu culto continuou a desempenhar um papel importante em tradições mágicas ao longo da história. Ela representa a dualidade da luz e das trevas, do conhecimento e do mistério, e é reverenciada por aqueles que buscam compreender os segredos ocultos do universo.

bottom of page