top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Deimos e Fobos

Deimos (em grego Δεῖμος) representava o medo e terror, enquanto seu irmão Fobos (em grego Φόβος ) representava o pânico. Eles eram filhos do deus da guerra Ares, que acompanhou seu pai na batalha, dirigindo sua carruagem e espalhando o medo em seu rastro. Como filhos de Afrodite, deusa do amor, os gêmeos também representavam o medo da perda.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Os dois eram geralmente retratados como jovens comuns, embora às vezes Fobos recebesse a cabeça de um leão ou características leoninas

História

Deimos e Fobos desempenhavam um papel secundário na mitologia grega e eram frequentemente mencionados em contextos relacionados às atividades de seu pai, Ares. Eles acompanhavam Ares em suas campanhas militares e eram vistos como suas companhias constantes. Esses deuses personificavam as emoções e os horrores experimentados pelos soldados em meio à violência e ao caos da guerra, destacando a parte sombria e aterrorizante desse aspecto da experiência humana. Embora não fossem tão proeminentes quanto outras divindades olímpicas, Deimos e Fobos desempenhavam um papel significativo na compreensão das complexidades da guerra na mitologia grega.

bottom of page