top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Cronos

Cronos (em grego Κρόνος) é uma figura proeminente na mitologia grega, conhecido como o deus do tempo. Ele é frequentemente associado à ideia de um tempo cíclico e à passagem inexorável do tempo.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Cronos é frequentemente retratado como um deus maduro e majestoso, com uma barba longa e uma figura imponente. Ele segura uma foice ou um fio, que simboliza sua conexão com a passagem do tempo. Às vezes, ele é representado com uma ampulheta, que representa a medida do tempo. Cronos também é frequentemente associado à imagem de um homem idoso, simbolizando a velhice e a inevitabilidade do envelhecimento.

História

A personalidade de Cronos é complexa. Ele é conhecido por ter castrado seu próprio pai, Urano (o céu), para tomar seu lugar como governante do universo. Essa ação representa a transição do tempo e a ascensão de Cronos como o senhor do tempo. No entanto, Cronos também é lembrado por ter engolido seus próprios filhos, temendo que eles um dia o destruíssem, de acordo com uma profecia. Essa ação simboliza a ideia de que o tempo devora todas as coisas, incluindo a própria vida. Cronos é muitas vezes visto como um deus que personifica a inexorabilidade do tempo, que não pode ser detido ou evitado. Sua história é um lembrete da importância de aceitar a passagem do tempo e suas consequências inevitáveis.

bottom of page