top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Atena

Atena (em grego Ἀθηνᾶ) é a deusa da sabedoria, da estratégia militar, da justiça, da civilização, das artes e da habilidade. Ela é uma das principais divindades do panteão grego e é amplamente reverenciada como uma das deusas mais sábias e respeitadas.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Atena é frequentemente retratada como uma deusa adulta e imponente, vestida com uma armadura completa, segurando uma lança e um escudo, símbolos de seu papel como deusa da guerra e estratégia militar. Ela também é associada com a coruja, que simboliza a sabedoria, e é comum vê-la acompanhada por uma coruja em suas representações. Atena é representada como uma figura nobre e serena, com um olhar penetrante e uma expressão sábia.

História

Atena é conhecida por sua sabedoria e inteligência excepcionais. Ela é considerada a deusa da razão e da estratégia, sendo frequentemente invocada por guerreiros e estrategistas em busca de orientação. Atena é uma deusa justa e equilibrada, que valoriza a ordem e a harmonia na sociedade. Ela é uma patrona das artes, inspirando artistas, artesãos e arquitetos em suas criações. Atena é uma deusa que valoriza a busca do conhecimento e incentiva o desenvolvimento intelectual. Ela é associada com a invenção da tecelagem, da música, da agricultura e do artesanato. Atena é uma deusa pragmática e estrategista, favorecendo a sabedoria em vez da força bruta. Além de sua importância como deusa da sabedoria, Atena também é considerada a protetora das cidades-estado e da justiça. Ela é frequentemente retratada como uma mediadora em disputas e é conhecida por suas decisões justas e imparciais. Atena é uma deusa que valoriza a ordem social e o respeito pelas leis.

bottom of page