top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Ares

Ares (em grego Ἄρης) é o deus da guerra e da violência na mitologia grega. Ele é filho de Zeus e Hera, sendo considerado um dos doze principais deuses do Olimpo.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Ares é frequentemente retratado como um guerreiro jovem e atlético, vestindo uma armadura completa e segurando uma lança ou espada. Sua aparência é feroz e agressiva, com uma expressão irada e intensa. Ele personifica a ferocidade e a brutalidade da guerra.

História

Ares é conhecido por seu temperamento impulsivo e sanguinário. Ele representa a carnificina e o caos da batalha, buscando a destruição e a vitória a qualquer custo. Ares é retratado como um deus impetuoso e sedento por conflitos, muitas vezes agindo sem pensar nas consequências de suas ações. Ele valoriza a força física e o poder bruto, desprezando a estratégia e a sabedoria. Embora seja um deus da guerra, Ares não é reverenciado da mesma forma que outros deuses no panteão grego. Sua natureza violenta e falta de disciplina fazem com que ele seja muitas vezes desprezado pelos outros deuses e até mesmo pelos mortais. No entanto, há aqueles que o honram e o invocam como uma divindade guerreira. Ares é frequentemente envolvido em amores proibidos e casos escandalosos. Ele é conhecido por seu relacionamento com Afrodite, a deusa do amor, e seu caso com a esposa de Hefesto, o deus ferreiro. Esses episódios exemplificam sua natureza impulsiva e sua propensão para o caos e a transgressão.

bottom of page