top of page
lucas.diesel_background_website_greek_mythology_UX_1a471611-7b73-457c-8db8-53a5a839a4c9.pn

Ártemis

​Ártemis (em grego Ἄρτεμις) é a deusa da caça, da natureza selvagem, da lua e da virgindade.

Zeus Mitologuia.png

Arte ilustrativa, para uma visão fiel a grega antiga consulte as artes em cerâmica, já para a visão romana procure pelas estátuas e artes em mosaico (para ambos recomendo o site Theoi.com).

Ártemis é frequentemente representada como uma jovem deusa vestida com uma túnica curta, segurando um arco e flechas, indicando sua habilidade como caçadora. Ela é retratada como uma deusa atlética, com uma beleza selvagem e radiante. Ártemis é frequentemente associada à natureza selvagem, e muitas vezes é mostrada rodeada por animais, como cervos, ursos ou cães de caça. Ela também é simbolicamente ligada à lua, sendo representada com uma lua crescente ou segurando uma tocha.

História

Ártemis é conhecida por sua devoção à caça e à vida selvagem. Ela é descrita como uma deusa independente, virgem e protetora das donzelas. Ártemis é ferozmente leal a sua própria autonomia e jurou permanecer casta, dedicando-se à caça e à preservação da natureza. Ela é uma caçadora habilidosa e é frequentemente acompanhada por um grupo de ninfas conhecidas como "as Caçadoras de Ártemis". Como deusa da lua, Ártemis possui uma conexão especial com os ciclos da natureza e a proteção das criaturas noturnas. Ela é associada à renovação, fertilidade e nascimento. No entanto, ela também pode ser implacável e vingativa com aqueles que a ofendem ou desrespeitam a natureza. Ártemis é conhecida por punir os caçadores imprudentes e qualquer um que prejudique a vida selvagem. Além de suas responsabilidades como deusa da caça e da lua, Ártemis é vista como uma protetora das mulheres jovens e das parturientes. Ela é venerada como uma deusa que traz auxílio durante o parto e garante a saúde e a prosperidade das mulheres em idade fértil.

bottom of page